Self Storage – A Solução para falta de Espaço

self storage - falta de espaçoAcabaram os quartinhos de entulho, garagens, armários, sótãos, lotados! A novidade mercadológica são os Self Storage, um conceito, que apesar de novo no Brasil, já é conhecido pelo menos desde 1975 nos Estados Unidos onde se estima que existam mais de 50 mil empresas no ramo, ocupando bem mais que 2,5 bilhões de metros quadrados de armazenagem! O modelo já foi copiado e amplamente difundido nos países da Europa e do primeiro mundo e, recentemente, o Brasil começou a dar seus primeiros passos no ramo.

Trata-se de uma nova proposta para se acondicionar, com muita segurança e privacidade, qualquer bem móvel que não seja perigoso, proibido, perecível ou vivo, porém, absolutamente diferente de um aluguel de imóvel, dos conhecidos guarda móveis ou de armazéns gerais! Nesta modalidade, que numa tradução livre significa "autosserviço de armazenagem", o próprio cliente é responsável por todo o manuseio dos bens (transporte, carga, descarga e colocação dos objetos no espaço).

Uma das principais vantagens, é que não há a burocracia de um aluguel comum, afinal, estamos diante da locação de um módulo de espaço e não da locação do imóvel como um todo e o locatário não tem que pagar condomínio, impostos, água, energia ou qualquer outra taxa (exceto seguro), ademais, a difícil figura do fiador é completamente dispensável. Também é possível locar o espaço por qualquer período, armazenando apenas temporariamente os bens.

O cliente tem acesso livre e exclusivo ao seu espaço, sem precisar comunicar previamente, afinal, seus bens ficam acondicionados em espaços individuais e apenas ele próprio pode acessá-lo. A privacidade é tamanha que nem os próprios administradores ficam com as chaves ou senhas, de modo que o espaço locado somente será aberto sem aviso prévio, por ordem judicial, mediante arrombamento. Em caso de vistoria interna, o inquilino será contatado e todo o procedimento realizado na sua presença.

Outra característica que tem chamado atenção é a possibilidade de o locatário poder optar, a qualquer tempo e de acordo com suas necessidades, por espaços maiores ou menores, o tamanho dos boxes varia, em média, de 2 a 300m3.

O público consumidor é o mais diverso, empresas públicas e privadas, têm necessidade constante de armazéns, afinal, existem diversos materiais que, apesar de importantes, não podem ficar ocupando espaço em prédios empresariais, que costumam ser muito mais caros (devido aos impostos e todos os outros gastos agregados) e vulneráveis. Muito comum é a guarda de arquivo morto, que poderá ser consultado e reorganizado de acordo com a vontade do cliente e a guarda de móveis em hipótese de mudanças ou reformas.

Outro público recorrente é aqueles que precisam viajar por um longo tempo e acabam desfazendo-se de seus imóveis. Assim, guardam com segurança todos os bens móveis nestes estabelecimentos. Pessoas em mudança de imóveis também buscam a opção dos Self Storage, interessando-se especialmente pelos fatos de que seus objetos dificilmente se perderão, pois os espaços são individuais e o manuseio feito pelo próprio consumidor e de poderem locar por períodos não vinculados ao mês.

A Rent a Box oferece espaços especiais feitos para guardar os mais diferentes objetos, com embalagens disponíveis e profissionais qualificados para determinar o tipo de embalagem necessário à boa conservação de cada tipo de produto, também oferecem serviços periódicos de dedetização, (evitando que seus produtos sejam danificados) e de seguros e, quando não o fazem, impõe a contratação como condição para locar espaços, assim, o cliente pode ficar tranquilo quanto aos riscos de incêndios, enchentes, roubos etc. Este mercado está em crescimento acelerado e a demanda é cada vez maior, sendo procurado pelos mais diversos clientes, seja por necessidade de desocupar espaços, mudanças, divórcios, viagens, casamento, aposentadoria, ou para estocar produtos vendidos pela via eletrônica, arquivos mortos, produtos que demandam condições especiais de climatização, etc., sempre apostando na privacidade e segurança. A promessa, é que a moda pegue!

leia as notícias anteriores